I Competição Internacional de Mediação

09/06/2017 10:13:14

Nos dias 16 e 17 de maio aconteceu a I Competição Internacional de Mediação sediada na América Latina. Representada pelas alunas de Direito Moara Lacerda, Mariana Fonseca, Mariana Grosman e Rafaela Natulini, sob coordenação da professora Karime Siviero, a Universidade Vila Velha foi a única selecionada do estado no evento.

Organizada pelo International Institute for Conflict Prevention & Resolution (CPR), a edição aconteceu na Câmara de Conciliação, Mediação e Arbitragem do Ciesp e da Fiesp e reuniu 12 equipes representantes das universidades do Brasil, Polônia, Índia e Estados Unidos.

A professora Karime Siviero conta que a competição é um oportunidade de vivenciar a mediação muito próxima de casos reais. “É uma forma de praticarmos os conhecimentos teóricos que discutimos nos encontros de mediação”. Embora ainda não seja algo muito explorado no Brasil, a área de mediação de conflitos vem crescendo e é uma grande oportunidade a ser explorada. “Esse é um campo muito novo pro profissional de Direito, que abre muitas portas e em várias frentes”, completa Karime.

Além de proporcionar o crescimento acadêmico, o evento é palco de uma ampla troca de experiência, possibilitando aos envolvidos construir pontes e contatos com outros universitários, professores e profissionais da área. Moara Lacerda, aluna do 3º período, conta que a interação foi um dos pontos fortes da competição. “Deu para formar uma rede bem legal entre outros alunos e profissionais da área”. A aluna ainda diz que foi sua primeira participação e tirou disso algo muito especial. “Com a coragem de explorar novas áreas, você ganha muito conhecimento. Sempre vai ter uma recompensa”.

Para Mariana Grosman, do 5º período, o evento foi uma inovação. “Além de ganhar conhecimento, o maior marco, para mim, foi ver a mediação de forma internacional. Ver como funciona no exterior, que já é comum, e como é uma área que está crescendo no Brasil”.