Poca BAJA

29/08/2017 10:54:45

Um veículo off-road produzido pelos meus alunos das Engenharias?! É o POCA BAJA em ação! O projeto é interdisciplinar e fruto de uma iniciativa dos meus universitários. Tem como objetivo construir um veículo off-road para participar da Competição BAJA SAE, que acontece duas vezes por ano e é disputada por várias instituições de ensino superior.

O POCA BAJA é um projeto interdisciplinar e une alunos das Engenharias Mecânica, Química, de Produção, Elétrica, Petróleo e Civil. E todos os participantes são voluntários! A turma conta que, na verdade, nas entrelinhas do projeto, o que vale mesmo é a interação dos alunos e o trabalho em equipe.

Márcio Luiz Dantas, estudante de Engenharia Mecânica e representante da equipe POCA BAJA, diz que o trabalho em equipe é uma experiência prévia do que acontece no mercado de trabalho. “Trabalhar isso dentro da universidade te prepara para o futuro. Você se acostuma com pessoas diferentes e ideias diferentes, e ainda assim aprende a trabalhar isso de maneira pacífica e racional, sem brigas”, comenta o universitário.

O dia a dia no projeto aproxima ainda mais os alunos do exercício real da profissão. “A sala de aula dá ao aluno um conhecimento teórico e o projeto proporciona a habilidade. E, no mercado de trabalho, conhecimento e habilidade caminham lado a lado”, ressalta o representante do projeto.

É um desafio por parte dos alunos desenvolver um veículo atrativo ao mercado consumidor pelo seu visual, desempenho, confiabilidade e facilidade de operação e manutenção. “O desafio do estudante é conseguir pegar pequenos detalhes e otimizá-los o máximo possível”, comenta Márcio. E, para isso, os participantes enfrentam grandes desafios.

A confecção do carro é dividida em 6 sistemas que, em conjunto, colocam o carro em funcionamento. O primeiro sistema é a estrutura do carro, onde todos os outros elementos serão fixados. É o “coração do carro”, como diz Márcio. A próxima etapa é a transmissão, responsável por distribuir a energia do motor para o veículo. Seguindo adiante, tem a parte da suspensão, direção, elétrica e, por fim, a carenagem – parte estética do carro (cor, modelo, lataria).

Mas não é só isso. O grupo ainda é organizado em três grandes áreas. A primeira é a de desenvolvimento, que trata de aspectos laboratoriais do projeto, como os cálculos analíticos, os desenhos e o projeto de modelagem 3D. A segunda parte é a da fabricação em si, responsável pela confecção das peças e montagem do carro. A terceira divisão é a gestão, que por sua vez é responsável pela organização interna da equipe, suprimentos, registros de presença, finanças e marketing.

O projeto é incrível e certamente faz parte de um começo com grandes resultados de sucesso!