5 dicas para montar um currículo sem experiência e não ser ignorado

3, outubro de 2018

Nesta fase da vida, em que é necessário arrumar o primeiro emprego ou estágio, mas ainda não teve a oportunidade de ingressar no mercado, montar o currículo é um desafio. Sem emprego, não tem experiência. Sem experiência, pode ter emprego sim!

Com essas dicas práticas que selecionamos, você estará um passo à frente para ingressar no mercado de trabalho e dar os primeiros passos de sucesso na sua carreira.

1.Objetivo profissional:

Qual será o seu objetivo dentro da empresa que você tem interesse em fazer parte? É importante que seja descrito nesta parte, de acordo com a vaga que você tem interesse. Mesmo que você não possua experiências, seja claro ao informar a área de pretensão para atuar. Se o seu perfil for para comércio, tem facilidade de se comunicar, em lidar com pessoas, aponte a intenção em atuar na área de vendas, para aprimorar suas habilidades. Se você é do time de exatas, gosta de lidar com números e cálculos, seja claro e indique sua aptidão.

2. Experiências profissionais:

Trabalho voluntário, participação em grêmio estudantil, orador de turma, intercâmbios, projetos de iniciação científica, trabalhos informais, como venda de alimentos, música em barzinho, freelancer, são experiências válidas que podem ser citadas.  As empresas valorizam e enxergam como futuros profissionais que gostam de aprender e que aproveitam as oportunidades que aparecem no caminho.

3. Qual o seu diferencial?

Durante sua trajetória acadêmica, quais foram os feitos que te destacaram? Fez algum curso legal? Participou de palestras, workshops ou mesa redonda? Já apresentou algum artigo no seminário do seu curso? Tudo isso é de extrema importância para ser destacado e te diferenciar dos outros candidatos que concorrerão à mesma vaga que você.

4. Evite erros e fuja das gafes!

É muito importante que você revise o seu currículo. Se possível, peça que outra pessoa leia e aponte possíveis erros de ortografia e concordância. Existem alguns cuidados que devem ser tomados, fique atento a essas gafes:

– Não se colocam títulos, como “currículo”, “curriculum vitae”, entre outros;

– Número de documentos pessoais;

– Nome dos pais, filhos e parentes;

– Inserir a foto do certificado ou diploma;

– Dizer a pretensão salarial;

– Fontes “exóticas”, letra grande demais ou pequena demais;

– Habilidades genéricas (criativo, proativo, perfeccionista, etc);

– Referências pessoais só são informadas quando solicitadas;

– Não se deve colocar data e nem assinar o seu currículo.

5. Fale a verdade sobre você:

Um dos piores erros no currículo é a mentira. Fazer o primeiro currículo não precisa ser complicado, é algo simples e não é necessário exagerar nas atividades realizadas. Não informe qualificações que você não possui, as mentiras podem ser descobertas na entrevista ou até mesmo após a sua contratação, o que certamente piorará a situação. Seja honesto com você mesmo, com a empresa e confie no seu potencial!

No portal Carreiras UVV você encontra vagas de estágio e emprego, com divulgações de grandes empresas capixabas. A plataforma é exclusiva para quem faz ou já fez parte da Família UVV. Faça parte do Carreiras UVV! Clique aqui e cadastre-se.

Boa sorte e comece com o pé direito!