Embaixador promove palestra sobre Direitos Humanos

27, março de 2018

Já parou para se perguntar o que são Direitos Humanos? De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), são direitos inerentes a todos, independentemente de raça, sexo, nacionalidade, etnia, idioma, religião ou qualquer outra condição. Eles incluem o direito à vida, ao trabalho e à educação, sem qualquer tipo de discriminação.

Liberdade é um dos aspectos fundamentais. Mas como usufruir desses diretos num período em que os conflitos sociais, políticos e econômicos estão cada vez mais intensos? Discutir o tema promove a interação, aprofunda o conhecimento e torna o discurso mais palpável para o cidadão.

Pensando nisso, o curso de Relações Internacionais da Universidade Vila Velha promoveu a palestra e o lançamento do livro “É Preciso Salvar os Direitos Humanos” do Diplomata aposentado em nível de embaixador, José Augusto Lindgren-Alves.

Com mais de 30 anos dedicados ao assunto, Lindgren-Alves já foi membro do Comitê para eliminação da discriminação racial nas Nações Unidas, em Genebra, ex-chefe da Divisão das Nações Unidas do Ministério das Relações Exteriores, em Brasília, e primeiro diretor geral do Departamento de Direitos Humanos e Temas Sociais do mesmo ministério.

Para Lindgren-Alves, a discussão é essencial inclusive para se saber o que, de fato, são Direitos Humanos. “Existe uma confusão um pouco provocada pelo radicalismo de todos os lados. De um lado existe um grupo que é contra esses direitos, pois acha que se refere ao direito dos bandidos. Do outro, existem os próprios militantes que muitas vezes se atêm especificamente ao direito de uma única comunidade, sem levar em conta que os direitos humanos são universalistas e inerentes a todos. É preciso analisar os exageros para que eles não sirvam de munição para quem é contra algo tão fundamental para a sociedade! ”