FameLab 2017

22, maio de 2017
A mestranda Lívia Sperandio Caetano, filiada à FAPES e orientada pela professora Adriana Chippari, do programa de pós-graduação em Ecologia de Ecossistemas, foi uma entre os 20 candidatos selecionados para o FameLab Brasil 2017. Mas não é só isso: Lívia foi a única capixaba classificada e a única de uma IES particular. Nossa aluna destaque foi classificada na semifinal, que aconteceu no dia 2 de maio, no Museu do Amanhã (Rio de Janeiro).
 
Lançado em 2004 pelo Festival de Ciência de Cheltenham, na Inglaterra, o FameLab é um evento que tem como objetivos promover a aproximação entre cientistas e público em geral e incentivar o desenvolvimento de competências de comunicação entre pesquisadores. Em 2017, a competição acontece pela segunda vez no Brasil, uma realização do British Council em parceria com o CNPq, a Confap, a Fapesp e o Museu do Amanhã.
 
A mestranda conta que não esperava o resultado, mas que está segura para enfrentar a próxima etapa. “Quando veio o resultado eu fiquei bem surpresa. Para a próxima fase, estou ansiosa, já fiz outro tema relacionado, sempre falando de coisas que eu trabalho. Um pouco nervosa, mas bem confiante”.
 
Lívia conta que, para participar do evento, fez um vídeo falando sobre ecotoxicologia, sua área de mestrado. “Parece um conceito difícil de entender, mas na verdade é o estudo das substâncias tóxicas no meio ambiente”. A aluna produziu dois vídeos com duração de 3 minutos – um em português e um em inglês – falando um pouco mais desse assunto para o público.
 
De forma simples e curta, a aluna conseguiu explicar sobre contaminantes, como o metal, no meio ambiente. Além disso, abordou a importância de monitorar o ambiente, pois os contaminantes podem causar danos ao DNA, trazendo consequências ao ser humano. Na semifinal, Lívia falou sobre o processo de biomagnificação, que é a transferência de substâncias tóxicas ao longo da cadeia alimenar. Como forma de tornar a apresentação interessante, a aluna levou um pote com M&M’s para exemplificar o processo.
 
O comitê avaliador presente na semifinal definiu os 10 participantes que seguem para a próxima fase, a Masterclass, nos dias 3 e 4 de maio, que consiste em uma etapa de treinamento intensivo, em inglês e sem tradução simultânea, com uma equipe de especialistas em Comunicação Científica que os preparará para a Final Nacional, que ocorre no dia seguinte à conclusão da etapa.
 
A Final Nacional acontecerá no dia 5 de maio, no auditório do Museu do Amanhã. O vencedor da etapa representará o Brasil no FameLab International durante o Festival de Ciência de Chaltenham, de 6 a 11 de junho, na Inglaterra.
 
“Estamos no meio dos melhores e isso é o mais legal. Foi um orgulho pra mim e para o trabalho que a gente faz aqui.” Alcançar essa etapa foi uma grande conquista. Parabéns!