Labpeixe: Educação ambiental para adolescentes movimenta laboratório da UVV

28, maio de 2018
A preservação ambiental e a conscientização da população sobre o assunto são pilares importantes para o laboratório Labpeixe, da UVV. Juntas, elas são indispensáveis para incentivar o espírito investigativo e científico dos participantes do projeto.
 
O Labpeixe (Laboratório de Ictiologia Aplicada) apoia as pesquisas do programa de Pós-Graduação em Ecologia de Ecossistemas, em que são realizados estudos dos efeitos das substâncias tóxicas em organismos aquáticos, por meio da Ecotoxicologia. Além disso, também é feito o monitoramento e a recuperação de ambientes impactados.
 
Buscando dar maior visibilidade aos trabalhos desenvolvidos, iniciou-se o projeto ‘’Monitoramento ambiental do manguezal localizado no bairro Porto de Santana – Cariacica/ES”, em parceria com a FAPES, que agrega alunos carentes de escolas públicas dos ensinos fundamental e médio. O projeto é uma iniciativa da professora Adriana Chippari e da aluna Karla Gnochi, destinado ao fomento da pesquisa acadêmica junto a estes jovens.
 
“No início do projeto, estávamos ansiosos e preocupados em como faríamos para compartilhar conhecimento e despertar o interesse desses jovens pela ciência. Hoje, eles são parte fundamental do nosso laboratório e integrantes da nossa equipe de futuros pesquisadores”, conta a monitora Dandara Cabral.
 
Os alunos são recebidos aos sábados. Eles realizam análises da água do Manguezal de Porto Santana e desenvolvem projetos de educação ambiental, que são colocados em prática na comunidade. Vivem a realidade do ambiente universitário, sendo incentivados a dar continuidade às pesquisas durante o ensino superior.