Projeto de Polo Aquático da UVV é pioneiro no Espírito Santo

5, julho de 2018

O projeto de extensão “Promoção de esportes aquáticos para alunos da Rede Municipal de Vila Velha” promoveu, nesta terça-feira (3), o II Jogo de Exibição de Polo Aquático do Curso de Educação Física da UVV & PMVV/SEMED.

Pioneiro no Espírito Santo, o projeto consiste no resgate do Polo Aquático enquanto objeto de intervenção científica e cultural da vida do capixaba, visto que nas décadas de 30 a 40 a modalidade já era praticada na baia de Vitória. Com aulas ministradas para alunos da rede pública de ensino, o projeto surgiu em 2016 a partir da iniciativa do professor da disciplina de Natação, Marcelo Ribeiro de Castro, e com o apoio da coordenação do curso de Educação Física da UVV.

O projeto conta com a colaboração dos bolsistas do curso de Educação Física Eldio Barros e Wagner Viana, que possuem vivência com o meio aquático; das estagiárias Ana Carolina Cardoso, Karenn do Carmo e Nayara Scheidegger, também do curso de Educação Física da Instituição, além do apoio da professora Juliana Saneto.

O Polo Aquático é um esporte coletivo que surgiu na Inglaterra, praticado na piscina e disputado por duas equipes. O objetivo do jogo é marcar gols, em que a equipe que marcar um número maior de gols vence a partida. O Polo Aquático também faz parte do quadro de esportes dos Jogos Olímpicos, sendo o primeiro esporte coletivo a ser disputado em Olimpíadas, no ano de 1900.

O jogo ocorreu na Escola UMEF “Professor Rubens José Vervloet Gomes” Vila Olímpica, localizada no bairro Soteco, em Vila Velha, com time feminino e masculino.

Para o professor Marcelo, o projeto promove aos alunos da rede de ensino de Vila Velha a oportunidade de vivenciarem novas formas de compreensão do tempo e do espaço aquático das escolas que possuem parque aquático. “A inserção dos alunos é importante para contribuir com novos costumes e hábitos de vida junto à comunidade escolar na qual estão inseridos, tendo o Polo Aquático como objeto de interlocução”, afirma.

O evento fez parte do cronograma de ações do Projeto de Extensão, contou com um público de mais de 200 crianças e a presença do ex-jogador de Polo Aquático Brasileiro, Reynaldo Nunes.